Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Silêncio renovado

--- 
Há frases que desconheço / Nas palavras que não dizes
Apenas conheço o preço / Dos silêncios infelizes
Que decerto não mereço

Silêncios que só me dás / Como forma de queixume
Para aumentar o ciúme / Que vive de coisas vãs
Que nos queimam mais que lume

Silêncios de tom magoado / Onde o fado e a ternura
Fazem do amor renovado / Um amor em desventura
Na desventura dum fado

Quando o desejo de amar / Adormece docemente
Sou boca que sem beijar / Mata a vontade que sente
No amor que tem p’ra dar

Dezembro 2008

Sem comentários: