Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A consagração do amor

---
O tempo que te dou e te consagro
Tem rosas perfumadas, meu amor
Tu sabes que no peito ainda trago
A chama que provém do teu calor

Tu sabes que por ti sou diferente
Que tenho mil maneiras de agradar
E quero que me dês, naturalmente
Os beijos, que preferes não me dar

O meu amor... não tem nada de mal
O meu amor... tem sonhos por sonhar
O meu amor... tem voz de vendaval
No vendaval... dum verso por cantar


Só quero que me vás recompensando
Com gestos de pureza e de ternura
E quero que me dês, de quando em quando
Um sonho que me dê, paixão mais pura

E quando as nossas mãos entrelaçadas
Selarem o prazer da união
Serão as nossas bocas bem coladas
Que sentirão o nosso coração

---

Sem comentários: