Blogue especialmente dedicado a minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 670 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Estados da alma

A memória curta e breve... que nos resta
Esquece, não raras vezes... por maldade
Que a alma dos portugueses... quando em festa
É quente, mas muito leve... e sem idade

Quente quando confrontada... com a luz
P'las emoções sem razão... que a luz nos traz
Leve, quando abandonada... à sua cruz
P'las coisas do coração... em horas más

Quando quente, chega a ter... em si presente
A vida que tem o fado... aconteccido
Quando leve, chega a ser... infelizmente
Fado sem tempo marcado... e sem sentido

Quando a alma tem memória... tudo é ganho
Nada se perde no tempo... desta vida
Porque a voz do sentimento... sem tamanho
Cantando, repete a história... acontecida