Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Não quero saber teu nome

---
Não quero saber teu nome
Porque te dei nome novo
Chamei-te, paixão enorme
E dei-te nome de povo


Teu presente, mil marés / Verdade que me consome
Tu não me digas quem és /
Não quero saber teu nome

Com a força das quimeras / Não sofro nem me comovo
Esqueci-me quem tu eras /
Porque te dei nome novo

Com a voz do coração / Meu sentimento não dorme
P'ra te não chamar paixão /
Chamei-te paixão enorme

Sofri com as tuas dores / Em busca de sangue novo
Chorei os ventos menores / E dei-te nome de povo

Sem comentários: