Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vida triste

---
Dei-te a minha noite, dei-te o meu dia
Dei-te o meu sonho de ser alguém
Dei-te o meu mundo de fantasia
E até meu fado te dei também

Dei-te uma taça brotando amor
Dei-te o soar das melodias
Matei o tempo da tua dor
Depois fiquei de mãos vazias

Vida triste
Vida sem razão de ser
Vida que não sei viver
Mas que vivo por castigo
Vida triste
Vida sem data nem hora
Desde que te foste embora
Já não sei viver comigo

Fez-se silêncio na minha vida
E as minhas noites ficaram vazias
Fez-se silêncio na dor sentida
Fugiu o vento dos meus tristes dias

Já não há sol que me aqueça a alma
Não há luar na minha noite escura
As ondas do mar perderam a calma
E hoje respiro o sabor da amargura 

Sem comentários: