Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Palavras de fogo

---
Nos sonhos que te dedico
Existem trovões, que são
Suspiros de voz calada
Se te sonho, apenas fico
A suspirar de paixão
E com a mente parada

Procuro ver-te, sem ver
Que o medo de te perder

É um sufoco medonho
Imagino que sem ti
Sou poema sem Ary

Sou verso que não componho

Nos meus sonhos tão diversos
Ordenados ou dispersos

Mas com rumo anunciado
Andam palavras de fogo
Fazendo da vida um jogo

De virtude e de pecado

E sempre que a nossa voz
Sente o desespero atroz

Duma profunda saudade
O fado tem o condão
De trazer ao coração

A luz da felicidade

Março 2008

Sem comentários: