Blogue especialmente dedicado a minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 670 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Tempo a destempo

O tempo que me foi oferecido
Não é o tempo certo que sonhei
Confesso que adorava ter vivido
No tempo em que o amor fazia lei

Confesso até que o tempo que me deram
Me trouxe mais tristezas que alegrias
Apenas os meus fados me trouxeram
Razões para aquecer emoções frias

O tempo pouco vale, se por dentro
Sentimos solidões castigadoras
Que fazem com que o sol do sentimento
Nos brinde com manhãs desoladoras

Este tempo a destempo sem glória
Será sempre uma história a florescer
Talvez seja guardado na memória
De quem não usa o tempo pra viver