Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão maior da minha vida*

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A rima que tem de ser

Quero enfim, agradecer / Este encantador prazer
De conseguir renascer / Num poema por dizer

Embora queira entender / O direito de nascer
Mesmo sem compreender / O destino de morrer

Quero tentar resolver / Este mistério de ver
Aquilo que se não quer / Dê a vida no que der

Não importa padecer / Não importa até, sofrer
Desde que o amanhecer / Seja como o entardecer

Enfim... eu quero viver / Para mais tarde não ter
Que ler ou até reler / Esta tristeza de ser

Sem comentários: