Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

Poeta ancorado

Sempre que o fado acontece… nada me revolta
Sempre que a lua adormece… nada me fascina
O vento murmura uma prece… delicada e solta
E a minha paixão enternece… muito mais divina

Poeta ancorado ao fado
Irmão de voz mensageira
Encontro sempre maneira
De me prender a teu lado


Sempe a voz se levanta… nada me deprime
Sempre que a alma s’espanta… nada me detém
Sempre que solto a garganta… num canto sublime
Eu sou a verdade que canta… nos sonhos d’algém

Eu sou trovador magoado… disposto a sofrer
Eu sou o poeta ancorado… à margem perdida
Eu sou a razão dum pecado… por acontecer
Sou alma sadia dum fado… exaltando a vida