Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão maior da minha vida*

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Prematuro

Eu já sou muito mais velho 
Do que deveria ser
E não há nenhum espelho
Que o consiga esconder

Nos traços do meu presente
Nota-se bem o passado
E o meu rosto não mente
Ao mostrar um ar cansado

Agora tenho a idade
Do tempo mais prematuro
E tenho necessidade 
De acautelar o futuro

Os traços da mocidade
Foi a vida que os levou
Mas p’ra dizer a verdade
Gosto do tempo que sou

Sem comentários: