Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A rima desejada

---
Rimei o nome que tens
Com o nome que te dei;
E foi assim que gerei
Esta paixão que faz lei

Quando a meus braços não vens

Rimei teu sorriso terno
Com a ternura que sou
Mas a saudade aumentou
E agora não sei se vou

Aguentar este inferno

Rimei a tua beleza
Com a minha intuição
Hoje sou desilusão

Passando de mão em mão
Porque tenho a alma presa

Só não rimei a verdade
Que nos separa da vida
E assim, d’alma ferida
Trago a hora da partida

Fazendo lei na saudade
---

Sem comentários: