Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Esperança derrotada

Perdi tantos, tantos dias
A sonhar com teu amor;
Que as noites ficaram frias
As madrugadas vazias
E os dias sem luz, nem cor

Perdi a estrela acesa
Da estrada percorrida;
Perdi também a certeza
De ver a mãe natureza
Dar novas vidas à vida

Perdi os sonhos dourados
Que a noite trouxe por ti;
Até a alma dos fados
Que por ti foram cantados
Sem querer também perdi

Só não perdi, felizmente
Os sonhos que a alma alcança;
Meu amor, amor ausente
És a rima permanente
Dum fado rimando esperança

1 comentário:

Ana Esmeralda Rodrigues disse...

Que Fado lindo! Grande Poeta!!! Parabéns amigo! Vou levar. Boa noite. Bjs