Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Depois... amor

Depois amor, depois vou ter contgo
Agora, podes crer, estou ocupado
Ocupado a escrever p'ra meu castigo
A história dum amor já terminado

Depois amor, depois vou procurar-te
P'ra te cantar o fado que compuz
Talvez asim, amor, possa mostrar-te
O peso que carrego em minha cruz

Depois amor, depois confessarei
As falhas que de mim a alma sabe
Naturalmente amor, assumirei
A culpa que decerto a mim me cabe

Depois amor, se a vida assim quiser
Não mais haverá antes nem depois
Terei de novo um fado p'ra escrever
Mas desta vez um fado p'ra nós dois

Sem comentários: