Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O livro da minha vida

---
No Livro da minha vida
Escrevi versos sem voz;
Agora vejo perdida
Aquela folha esquecida
Que só falava de nós

No livro escrevi um fado / Que não me sai da memória
No meu sonho acorrentado / Só me resta ser culpado
Do resto da minha história

No livro escrevi também / A saudade mais cruel
E vi um olhar de mãe / Expressando o doce bem
Com a doçura do mel

Depois do livro fechado / Fiquei a pensar em nós
Assim nasceu este fado / Que por mim será cantado
Com o coração na voz

Sem comentários: