Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A janela da saudade

---
Da janela da saudade
Onde ás vezes me deleito
Avisto a realidade
Dum amor que não rejeito

Da janela da saudade

Vejo meu tempo passar
E sinto que a mocidade

Partiu, para não voltar

Da janela da saudade

Vejo até, o que não quero
Vejo a sombra da maldade

Que me causa desespero

Dessa janela tão bela

Vejo a luz da minha idade
E então fecho a janela

P'ra não sentir mais saudade
---

Sem comentários: