Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Paredes de fado

---
As paredes do meu quarto
Continuam revestidas
Com imagens do passado;
Confesso que não me farto
De as ver tão coloridas
E com tanto cheiro a fado
---
Cada imagem tem a cor
Duma singular memória
Que meu peito conservou
Parecem fados d'amor
Que tiveram tanta glória
E o tempo não apagou
---
Quando me sinto magoado
Desamparado e vazio
No meio da solidão
Fico no quarto, fechado
Fitando horas a fio
As imagens que lá estão
---
E quase sem dar por isso
Algo me faz viajar
Pelas memórias d'outrora
Ai que agradável feitiço
Que me ajuda a suportar
O tempo que vai lá fora

Julho de 2010

Sem comentários: