Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Menino fado

---
No ventre da noite calma
Lindo filho foi gerado
E a inspiração da alma
Chamou-lhe menino fado

Chamou-lhe menino fado / P'ra lhe não chamar destino
Hoje adulto e tão amado / Deixou já de ser menino

Deixou já de ser menino
/ O tempo lhe deu idade
Por sentimento divino
/ Casou com dona saudade

Casou com dona saudade / Num casamento feliz
Tem por filha, a felicidade / Por filho, tem um País

Sem comentários: