Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

A ternura da saudade

Música do fado *Segue o teu rumo* de Francisco Carvalhinho

Somei as noites todas que vivi
Aos fados que guardei só para mim
A conta bateu certa, pois no fim
A vida deu-me a soma que pedi

Os fados que guardei são os pecados
Que que nunca cometi, infelizmente
Talvez seja melhor e mais prudente
Embalar a saudade nesses fados

Fado memória…
Fado meu, fado glória
Fado que não conta a história
Da viagem que escolhi
Fado que canto…
Feito riso, feito pranto
Fado meu que eu amo tanto
Vivo por ti... e pra ti


Somei todos os versos que cantei
Aos versos a que nunca dei a voz
Somei também as rimas que por nós
Bailaram ao compasso que lhes dei

Só não somei a dor que me apoquenta
Por saber o que fiz e o que não fiz
Mas mesmo assim afirmo, sou feliz
Vivendo esta saudade ternurenta