Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Este meu fado saudade

Diz ao fado e à cidade
Que é grande a minha saudade
Diz ao fado e ao país
Que longe não sou feliz

Diz às ruas de Lisboa
Que a saudade não perdoa
E diz às ninfas do Tejo
Que morro apenas num beijo

Esta distãncia
Tem sempre a janela aberta
E tem a palavra certa
Para rimar com saudade
Esta distãncia
É um sopro magoado
Que desperta em mim, mais fado
Mais fado e mais felicidade


Diz às estrelas do céu
Que o luar é todo meu
Pede à chuva, pede ao vento
Que afaguem o meu lamento

Diz aos poetas da vida
Que vivo d’alma ferida
Diz ao meu velho país
Que longe não sou feliz

Sem comentários: