Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Este dom

Este dom que em mim nasceu
Vou reparti-lo por vós;
Sendo meu, não é só meu
É alma de todos nós
Este dom que em mim nasceu

Neste meu peito fadista / Bate um coração de povo
Pela sede de conquista / Gravei um poema novo
Neste meu peito fadista

Vou pelas ruas do fado / Cantarolar minha dor
Mesmo de sonho amarrado / Em busca dum novo amor
Vou pelas ruas do fado

Ao compasso da saudade / Canto o que alguém escreveu
P’ra ser feliz, não é tarde / Pois tenho por felicidade / 
Este dom que em mim nasceu

Sem comentários: