Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Minha amiga saudade

---
A minha amiga saudade
Surgiu-me sem avisar
E sem justificação;
Com natural crueldade
Veio apenas p’ra deixar
Um aviso ao coração

Na sua lei tão sensata
Reconheci o valor

Duma razão decidida
Qaundo a saudade não mata
Deixa sempre aquela dôr

Que nos vai marcando a vida

A minha saudade atroz
Partiu p’ra outra paragem

Mas deixou-me acompanhado
Deixou-me fado na voz
E deixou-me esta coragem

Com que dou voz ao meu fado

Sem comentários: