Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amor ausente

---
Sonho contigo, minha luz celeste
Sonho contigo, meu amor real
Ainda sinto em mim o vento agreste
Daquele teu amor de vendaval


Porém, já não te vejo como outrora
Nem sei aonde estás neste momento
Por ti, a tempestade não tem hora
Por ti, eu digo mal do sentimento

Sonho acordado sem ninguém saber
Falo contigo mesmo estando só
Por vezes chego até a reviver
O tempo dum amor desfeito em pó


A vida para mim é sempre igual
Os dias vão passando lentamente
És tu a solidão que me faz mal
Eu preciso de ti, amor ausente

---

Sem comentários: