Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um Porto amigo

---
Cidade velha cascata
Com ar de senhora fina
Tens no teu rio de prata
A água mais cristalina
       
Nos teus braços de menina
Embalo a minha cantiga
Teu encanto me fascina
Meu Porto cidade amiga

No meu Porto, capital das tradições
Já não existem pregões com o sabor da saudade
No meu Porto não há barreiras ao tempo
Porque nos sopros do vento há vozes em liberdade
Porto amigo, não envelheças depressa
Porque tens uma promessa que decerto cumprirás 
Tens contigo a obrigação moral
De transformar Portugal num paraíso de paz

Tão singela tão formosa
Tão airosa tão verdade
Tens perfil de linda rosa
Com aromas sem idade

Tens força de tempestade
Num poema sempre novo
Tens luar  de mocidade
A tua alma de povo

Sem comentários: