Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A história das penas

---
Grandes ou muito pequenas
Pesadas ou muito leves
Tenho pena dessas penas
Quer sejam longas ou breves

São penas que vão marcando / O coração das pessoas
Todas elas magoando / Porque não há penas boas

Cada pena tem história /
De ciúme ou de paixão
Só é pena que a memória /
Tenha penas sem razão

E quando a vida terrena / Der a missão por cumprida
Decerto, vou sentir pena / Das penas que tem a vida

---

Sem comentários: