Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Alma nova do meu fado

Escrito para a música do fado Alcântara de Raúl Ferrão
- - -
Sou alma nova // Sujeita a uma dura prova
Alma que só se renova // P'la voz do fado
Sou alma pura // Constantemente à procura
Dum abraço com ternura // Bem apertado

Abraço forte // Tão forte quanto o meu norte
Que me traga a luz da sorte // A todo o gaz
Talvez então // A voz do meu coração
Seja um fado em oração // Cantando a paz

O meu fado
É um poema embalado
Do jeito mais dedicado que pode ser
O meu fado
É sempre uma porta aberta
Às palavras que o poeta soube escrever
O meu fado
Pode também ser tristeza
Quando a alma estiver presa à dor que sou
Fado meu, meu amor, minha luz
Ó suave cruz
Só a ti me dou

Neste caminho // Que nunca faço sozinho
Encontro sempre um espinho // Que faz doer
E a minha dor // Parece sempre maior
Quando sinto a luz do amor // Desfalecer

Graças ao fado // Que me traz maravilhado
Vou redimindo o pecado // De ser assim
E vou cantando // Poemas que me vão dando
Para que de vez em quando // Gostem de mim

Sem comentários: