Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A sensatez do sonho

---
Sonhei, mas não perdi a lucidez
Nem perdi a noção da minha dôr
Sonhando controlei a timidez
E dei mais sensatez ao meu amor


Sonhei, sonhei
Sofri, eu sei
Todo me dei em defesa do amor
Sofri, sofri
Perdi o norte
Hoje sem ti sou a voz da pouca sorte

Sonhei que eras fonte cristalina
Vertendo água pura de paixão
O teu olhar de côr tão genuína
Foi dando nova côr á ilusão

Sonhei com um poema á minha espera
Ganhando uma coragem escondida
O tempo duma nova primavera
Marcou a minha voz descolorida

---

Sem comentários: