Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

Saudade cantadeira

A saudade foi ao fado
Mais uma vez com vontade
De pôr a alma à janela
Por lá ficou, lado a lado
Com a dona felicidade
Que também lá foi com ela

Ficaram juntas ao canto
Da sala, aonde os cantores
Punham nostalgia em nós
E foi com algum espanto
Que ao ouvir falar d'amores
A saudade ganhou voz

Cheia de brio e de garra
Movida pela poesia
A saudade motivou-se
Depois, ao som da guitarra
Cantou com rara mestria
E o fado emocionou-se

Com o olhar marejado
Com a alma bem acesa
E de peito a bater forte
A saudade e o senhor fado
Deram alma portuguesa
Ao fado da nossa sorte