Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Palavras perdidas

---
Sublinhando o queixume
Dalgumas vidas perdidas
Andam mágoas esquecidas
Pelas ruas do ciúme

Galopam perdidamente

No dorso da poesia
Procurando inutilmente

Os compassos da magia

De quando em vez, vão à praia

Ouvir os sopros do mar
E na onda que desmaia

Sufocam o seu penar

E quando o mar revoltado

Esconde marés sentidas
Sinto que na voz do fado

Andam mágoas esquecidas

Sem comentários: