Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Suspiro da alma

---
Neste suspiro da alma
Vai a alma que te dou
Eu sem ti, apenas sou
Um pranto que não se acalma

Neste sopro de saudade
Vai a saudade que tenho
Sem ti, não sei donde venho
Nem conheço a minha idade

Neste desfilar de penas
Vão as penas que me dás
Que muito embora pequenas
Só me trazem horas más

Neste lamento marcado
Vão as marcas do meu tempo
Porque a voz deste tormento
Apenas me sabe a fado

Agosto 2002

Sem comentários: