Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

Esta noite que sou eu

Esta noite que sou eu... de corpo inteiro
Vestido de manto rubro... encantador
Tem a côr negra do céu... aventureiro
No luar com que me cubro... sem calor

Esta noite que me dá... em solidão
Sentimentos de revolta... sem sentido
É o maior talismã... e a redenção
Dêste meu pecado á solta... meio perdido

Esta noite que me obriga... ternamente
A cantar um sol poente... sem queimar
É raiva que me castiga... docemente
E me destrói lentamente... sem magoar

No entanto, a minha voz... num fado a sós
Marcando a minha saudade... acontecida
Canta apenas para nós... e só por nós

Este fado sem idade... e até sem vida