Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Serás tudo

--- 
Jamais me cansarei de te cantar
Jamais serás poema que não digo
Serás em cada noite, o meu luar
E em cada tempestade, o meu abrigo

Serás a minha rima abençoada
Nos versos que terei para escrever
Serás a minha doce madrugada
Poema me vai adormecer

Serás a intensidade dum clarão
Estrela que me guia aonde eu for
Serás, na minha voz de solidão
Guitarra que me dá versos d’amor

Farei de ti o Deus da minha fé
Contigo, inventarei novo pecar 
Se minha voz se mantiver de pé
Jamais me cansarei de te cantar

Agosto 1989

Sem comentários: