Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

O dia da minha sorte

O dia da minha sorte
Virá, eu tenho a certeza
Quando a dureza da morte

Me trouxer outra nobreza

Quando a rima tiver par / Quando o fumo tiver lume
Quando o rio fôr ao mar /Talvez eu tenha ciúme

Quando a chuva fôr violenta / Quando o vento fôr mais forte
Quando a noite fôr cinzenta / Talvez eu tenha mais sorte

Quando o sorriso nascer / Quando o pranto se acabar
Quando a saudade vier / Talvez eu te vá lembrar

Quando a lua fôr vermelha / Quando o sol perder calor
Quando a vida fôr mais velha / Talvez eu seja melhor

Quando a roda girar mais / Quando o balão não subir
Quando o barco tiver cais / Talvez eu saiba sorrir

Quando o cravo tiver cheiro / Quando a rosa tiver côr
Quando a luz vier primeiro / Talvez eu tenha um amor

Só não quero, nem tolero /
Por mau que seja meu porte
Que o vento do desespero / Desfolhe o trevo da sorte