Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos // Refletindo a minha cor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Minha guitarra

---
Oh minha guitarra oca
Põe-me na boca, o teu sabor
Ensina-me fado novo
Com cheiro a povo, povo sem dor;
Quero a tua melodia
Feita magia, feita saudade
Dá-me teu gemer amigo
E vem comigo, cantar verdade

Vamos viver horas calmas
P'ra nossas almas alimentar
O fado é o pão da vida
E a dor sentida, vai melhorar;
Vamos musicar poemas
Feitos de temas, de tradição
Oh minha guitarra ôca
Põe-me na boca, teu coração

1 comentário:

Ariana Rodrigues disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.