Blogue especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 685 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Saudades e mais saudades

Tenho saudades do tempo 
Em que o tempo me sobrava
Mesmo quando o sol brilhava
Ou a lua se mostrava
Por um escasso momento

Mesmo quando a voz do vento / Bramindo me sussurrava
Que tudo o que em mim pulsava / E tristonho me tornava
Era fruto do tormento

Mesmo quando o encantamento / Por vergonha se calava
Fingindo até que mudava / Pintava e emoldurava
Os vitrais do pensamento

Tenho saudades, confesso / E as saudades atormentam
Só os fados me contentam / E com amor alimentam
As saudades que mereço