Blogue especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 685 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Fortaleza do amor

Passava vezes sem fim
Por mim, naquele jardim
Onde tudo era tão belo
Olhava, mas não sorria
Parecia ser mais fria
Do que uma pedra de gelo

O rosto sempre fechado
Emoldurado e pintado
Tinha mil traços de dor
Lembrava-me uma princesa
Presa numa fortaleza
Sem janelas pro amor

No seu olhar descontente
Diferente, mas ausente
Com segredos escondidos
Podia ler-se um poema
Tema de canção suprema
Bailando em nossos ouvidos

Tentei conhecer-lhe o pranto
No entanto, p’ra meu espanto
Deixou de vir ao jardim
Fiquei então sem saber
Que fazer para rever
Essa flor que vive em mim