Blogue especialmente dedicado à minha filha Marta Castro *a razão maior duma vida em amor*

<> 585 POEMAS <>

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Meu fado meu conselheiro

Meu coração
Não bate como batia
Porque perdeu a magia
Que tinha, quando sonhava
Meu coração
Perdeu a noção do tempo
E perdeu o encantamento
Dos sonhos que o amor dava

Meu fado amigo... meu conselheiro da alma
Só por ti é que se acalma
Este sofrimento atroz
Meu fado amigo... meu farol na noite escura
És tu quem põe mais ternura
Nas melodias da voz

Meu coração
Vagueia como perdido
Num poema acontecido
Sem limites de pecado
Meu coração
Faz-me sofrer d'ansiedade
Procurando a felicidade
Na nostalgia dum fado

Sem comentários: