Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Primeiro e eterno amor

- - -
O meu primeiro amor mora ainda comigo
Guardei-o com fervor no cofre da memória

Por ser especial, o amor ficou amigo
Por ser intemporal, o amor virou história
- - -
A vida vai passando, irreverente e bela
Levando a mocidade e o sonho, pela mão
Mas na minha saudade, há sempre uma janela
Para ver o passado aos olhos da razão
- - -
O meu primeiro amor é mais do que um poema
É uma parte de mim que não quero perder
Não foi o amor maior, mas foi paixão suprema
E por ser mesmo assim, ajudou-me a crescer
- - -
Embora não o veja, a mente não o esquece
Jamais de mim partiu, jamais me abandonou
Mesmo que longe esteja, ainda permanece

No jardim que floriu, e o tempo conservou

Sem comentários: