Blogue especialmente dedicado a minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 670 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Poema em decrescente

---
Este amor de perdição... e de verdade
Que baila na nossa voz... enternecida
É o rio do coração... e da saudade
Em busca de nova foz... no mar da vida

Este amor de redenção... ou de pecado
É a corrente do norte... e do futuro
Qual poema em oração... verso dum fado
Qual trevo feliz da sorte... em amor puro

Este amor intemporal... que nos seduz
Pulsando na hora certa... por magia
É uma tarde outonal... cheia de luz
É saudade que desperta... em melodia

Este amor que tem consigo... p’ra nos dar
A rima que tudo diz... naturalmente
É um poema d’amigo... a despertar
Na alma dêste país... em decrescente

Fevereiro de 2007