Blogue especialmente dedicado a minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 670 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

Madrugadas

---
Na madrugada da vida
Sou imagem repartida
Pelos momentos dispersos;
Na madrugada do sonho
E nos sonhos que transponho
Sou a alma dos meus versos

Na madrugada do mundo
Sou poeta moribundo / Sou corpo desencontrado
Na madrugada do amor
Sou corpo, em sonho maior / Sonhando amor compensado

Na madrugada da paz
Sou muitas vezes capaz / De cantar minha saudade
Na madrugada do tempo
Sou força de pensamento / Sou marca de felicidade