Este modesto blogue é especialmente dedicado à minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A maior parte destes 760 poemas poemas tem o Fado como destinatário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --------------------------------------------------------------------------------------------

SE GOSTA DA MINHA POESIA...CANTE-A !!!

A janela da saudade

Da janela da saudade
Onde ás vezes me deleito
Avisto a realidade
Do amor que não rejeito

Da janela da saudade
Vejo o meu tempo passar
E sinto que a mocidade
Partiu, para não voltar

Da janela da saudade
Vejo até o que não quero
Vejo a sombra da maldade
Que me causa desespero

Dessa janela tão bela
Vejo a luz da minha idade
E então fecho a janela
P’ra não sentir mais saudade