Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sonhos outonais

---
O sol vai descrevendo a curva descendente
E sem se despedir vai tendo o seu final
Nós vamos revivendo ao compasso da mente
Tentando construír o espaço real

Os sonhos outonais revestem-se de medo
E lá vamos sentindo o soluçar do vento
P’ra lá dos temporais o tempo é um segredo
Que nos vai permitindo ouvir o pensamento

Do tempo do amor resta-nos a saudade
O compasso da vida aumenta a solidão
Seja que tempo fôr teremos a verdade
Da hora prometida p’lo nosso coração
---

Sem comentários: