Blogue especialmente dedicado a minha filha *MARTA CASTRO* a razão maior duma vida em amor !!!

Eu tenho a noção exata // Das minhas limitações // Mas quando d'amor se trata // Perco todas as noções.

A maior parte destes // 670 // poemas têm o Fado como destinatário.

*

A velha praia do tempo

Na velha praia do tempo
Há uma onda feroz / Que teima em não desmaiar
A voz soberba do vento
Nem sequer chega a ser voz / É apenas suspirar

As areias são o chão
Aonde irá repousar / A memória duma vida
Há uma velha embarcação
Que teima em não flutuar / Na onda desfalecida

A noite vem, lentamente
Trazer a luz natural / Que antecede a madrugada
Há um brilho diferente
Que nos diz que o vendaval / Vai chegar, não tarda nada

Enquanto o luar perdura
Uma onda caprichosa / Enfrenta a fúria do mar
Uma noite, mesmo escura
Tem a cor harmoniosa / Que a vida lhe soube dar